Alopecia em cães

Cães, como humanos, podem sofrer queda de cabelo; esta condição é conhecida como alopecia canina. Como você verá, certas raças de cães têm uma maior predisposição genética para sofrer desta doença, embora existam várias causas. E, dependendo da causa, a doença irá evoluir de uma forma ou de outra.

Quais são os fatores de risco para alopecia canina?

Embora a predisposição genética não possa ser considerada uma causa direta desse problema, determinadas raças de cães têm uma tendência maior a desenvolver sintomas de alopecia canina.

Esta condição é especialmente comum em raças nórdicas, como Malamutes do Alasca, Chow Chows, Spitz alemão, Huskies Siberianos e Poodles. Além disso, todas as raças cruzadas que descendem do acima exposto têm um risco maior de sofrer de alopecia canina.

Cães machos não castrados também correm o risco...

... de desenvolver esta doença; no entanto, é apenas um fator e não uma causa, já que a alopecia canina também é encontrada em cães esterilizados.

Causas de alopecia canina

Você verá agora as causas da alopecia canina; Claro, tenha sempre em mente que a pessoa mais qualificada para determinar a causa exata desta condição em seu cão é o seu veterinário:

  • Deficiência no hormônio do crescimento 
  • Desequilíbrios nos hormônios sexuais
  • Alterações no ciclo de crescimento do cabelo
  • Causas ambientais relacionadas a alergias
  • Estresse ou ansiedade
  • Vacinações (causam alopecia localizada no local da injeção)
  • Parasitas
  • Mudanças sazonais
  • Lambedura repetitiva (neste caso, a alopecia ocorre lateralmente)
  • Alterações nos folículos pilosos

O que fazer se o seu cão tiver alopecia canina

Você deve primeiro saber que a alopecia aparece mais comumente em cães com até 3 anos de idade, embora às vezes ela também possa se desenvolver em...

... cães com 5 anos de idade. Não é normal que ocorra alopecia em cães com idade superior a essa idade.

O principal sintoma da alopecia canina é a perda de cabelo, com ou sem pigmentação. Isso significa que áreas sem pêlo da pele podem sofrer alterações na cor, que se parecem com manchas mais escuras.

A alopecia canina geralmente é simétrica; começa na área do pescoço, cauda e períneo e, posteriormente, acaba afetando o tronco. Se a alopecia for lambida, ela aparecerá lateralmente e de maneira mais localizada.

Se você suspeitar que seu cachorro está começando a sofrer de alopecia canina, a melhor coisa a fazer é ir ao seu veterinário de confiança, que irá realizar testes analíticos, bem como exames exploratórios que permitirão estabelecer uma causa e um programa de tratamento a seguir.

Saiba mais sobre Alopecia Canina: Sintomas, Causas e Tratamento

Alopecia Canina: Sintomas, Causas e Tratamento