Se o seu melhor amigo tiver mais de 7 anos de idade, você provavelmente começará a perceber esses 10 sinais de velhice em cães. Estes são basicamente uma série de fatores que aparecem como resultado do envelhecimento e que você deve levar em conta. Estar familiarizado com esses sinais ajudará você a entender melhor seu cão e a cuidar dele como ele merece neste estágio de sua vida.

Se você perceber vazamentos de urina ou se seu cão parecer desorientado, não se preocupe; estas coisas vêm de mãos dadas com o envelhecimento. Você deve aprender a conviver com elas e a ajudar seu cão da maneira que puder, para que a vida se torne mais confortável para ambos, mesmo que isso requeira algum treinamento.

10 sinais da velhice em cães

 1. Seus sentidos começam a falhar

Assim como as pessoas, os cães velhos começam a perder nitidez em seus sentidos. Problemas como surdez ou cegueira são comuns em cães mais velhos. Por esta razão, você deve começar a procurar novos meios de comunicação com o cão e tratá-lo com mais ternura e cuidado. Você deve estar atento em tais casos, e lembre-se sempre de colocar todos os seus pertences - cama, brinquedos, tigela - nos mesmos lugares para que eles não fiquem confusos e possam se mover em paz pela casa.

2. Problemas urinários surgem

É muito comum que cães mais velhos ocasionalmente urinem em casa. Você não deve brigar ou punir. Em vez disso, limpe a urina quando não estiver olhando para você. Uma maneira de evitar esta situação pode ser levar o cão para passeios mais regulares e com intervalos mais curtos para que ele não fique cansado.

3. Doenças degenerativas desenvolvem

Algumas doenças degenerativas aparecem com a idade e geralmente...

... causam desconforto e tristeza ao cão. Se estiver com muita dor, é uma boa ideia ir ao veterinário pedir conselhos sobre um remédio. Nesse meio tempo, será essencial dar uma cama confortável em que possa relaxar. Algumas das doenças degenerativas mais comuns entre os cães mais velhos incluem:

  • Artrose
  • Displasia do quadril
  • Displasia do cotovelo
  • Osteoartrite

Infelizmente, os cães também são suscetíveis a sofrer de doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer. Isso tem influência direta nas mudanças comportamentais e no surgimento de hábitos estranhos e inconsistentes. Será crucial ser paciente e mostrar afeição.

Você deve saber que os cães que sofrem da doença de Alzheimer podem esquecer onde a comida está ou onde você está. Supervisioná-los e garantir seu bem-estar deve ser uma prioridade para você.

4. Alterações na pele

Existem muitas mudanças no pêlo do cão que sugerem que o seu melhor amigo está ficando mais velho: pele branca, calosidades ou problemas nas almofadinhas debaixo da pata geralmente são as mais comuns. É importante informar regularmente o seu veterinário sobre o aparecimento de calos ou almofadas debaixo da pata estão secas.

5. Sonolência e fadiga

Os cães mais velhos precisam de mais descanso do que os cães adultos, que são incansáveis ​​e ativos. Por essa razão, será importante permitir que eles descansem em paz pelo tempo que precisarem. Você começará a perceber que eles o recebem em casa com cada vez menos entusiasmo. No entanto, eles demonstram mais ternura e delicadeza quando estão com você.

Alguns desses problemas podem estar relacionados à dor causada por uma doença em particular. Cães mais velhos não devem ser forçados a fazer exercícios excessivos, pois isso pode causar danos aos seus músculos e ossos.

6. Problemas dentários e tártaro

Os dentes do cão geralmente se deterioram com o passar do...

... tempo. Para lidar com isso, será importante regularmente limpar os dentes do cão e dar lanches de higiene bucal, que são muito populares hoje em dia. Cuidar dos dentes de um cão idoso é muito importante, permitindo que eles continuem comendo normalmente.

7. Personalidade tranquila e estável

A personalidade de um cachorro velho é simplesmente adorável. Com o passar dos anos, seus beijos se tornam mais delicados e afetuosos e seu comportamento mais quieto e estável.

Você deve começar a evitar longas caminhadas ou exercícios ativos, mas você ainda pode desfrutar de um cão brincalhão e feliz. Perguntar para o veterinário sobre alguns jogos de inteligência de cães para que você possa mantê-lo estimulado e impedir que ele fique entediado.

8. Mudanças de peso

Cães mais velhos geralmente sofrem alterações significativas de peso. Devemos ressaltar a importância de buscar um peso adequado e evitar a obesidade a todo custo, uma vez que isso afetará diretamente o aparecimento de algumas doenças degenerativas.

Não se esqueça de que o cão deve fazer a mudança para alimentação sênior ou +7 nesta fase, que é um produto projetado para atender às necessidades específicas dos animais nesta fase da vida. Não hesite em notificar o veterinário dessas alterações.

9. Torna-se mais dependente

Seu cão entende que está sofrendo mudanças físicas e mentais significativas, e tudo isso o torna mais dependente de sua família. Você deve apoiá-lo e guiá-lo para os estímulos que o fazem sentir-se seguro e confortável.

10. Aparência de tumores

O aparecimento de tumores é comum em cães mais velhos. Será muito importante ver o seu veterinário assim que detectar um. O especialista lhe dirá se é um tumor benigno ou maligno e como deve proceder. É muito importante tratar esse problema o mais rápido possível.

10 sinais da velhice em cães