Meu gato pode comer espinafre?

Na era do suco verde, espirulina em pó, couve, e suplementos alimentares de superalimentos por plantas, muitas pessoas estão preocupadas com a saúde e consideram os vegetais verdes folhosos o rei da alimentação saudável. Apesar da recente popularidade da couve, o espinafre continua a ser o favorito de muitas pessoas. Comer espinafre é quase um esporte competitivo. Nós somos consumidos pelo desejo de colocar o máximo de verduras na nossa dieta o quanto for possível, então podemos colocar em saladas, smoothies, massas e até em sobremesas. 

Mas e as nossas crianças peludas de quatro patas? Devemos dar espinafre para os gatos? Os gatos podem comer espinafre?

A resposta: tecnicamente, é sim, mas não é recomendado dar espinafre para o gato comer. Espinafre pode ser considerado extremamente saudável para os seres humanos, mas não oferece muito para os nossos amigos felinos. Existem poucos benefícios em dar esse alimento para o seu gato, mas também há alguns riscos a serem observados.

A maioria dos gatos não gostam de folhas verdes, então você não deve ter nenhum problema em impedi-los de experimentar seu espinafre. Se você quiser dar a seu gato um vegetal verdinho, optar pelo alface. Alfaces são mais seguros para gatos do que espinafre.

Benefícios do espinafre para o seu gato

Há alguma vantagem em dar espinafre para o seu gato comer? Na verdade, sim, pode haver algumas. O espinafre é cheio de fibra dietética e antioxidantes, que podem beneficiar a saúde do seu gato em quantidades moderadas. Se deixados por conta própria, muitos gatos encontrarão maneiras de suplementar suas dietas com fibras, a fibra é o que faz o seu gato comer grama...

... e ervas daninhas e arrancar as folhas da sua planta favorita. A fibra dietética, que é indigesta, pode ajudar a regular a digestão e acalmar os estômagos.

Adicionar pequenas quantidades de alimentos ricos em fibras, como legumes, na dieta do seu gato pode ser uma ótima maneira de controlar indigestão, gases, inchaço, constipação ou diarreia. A fibra dietética pode ajudar a parar a diarreia ao absorver o excesso de água no cólon, tornando os intestinos mais firmes e cheios. Por outro lado, a capacidade da fibra absorver água pode ajudar a introduzir fluido no cólon, ela se transforma em uma substância gelatinosa quando é molhada, o que pode amolecer e lubrificar as fezes. É por isso que os alimentos fibrosos são freqüentemente recomendados tanto para constipação quanto para diarreia.

Embora haja muito pouca pesquisa sobre o papel da fibra alimentar na dieta felina, estudos realizados em humanos e outros animais mostrou que a fibra pode levar a um risco reduzido de doenças como doenças cardíacas, diabetes e várias formas de câncer. O caso mais forte é o câncer colorretal, o que faz sentido, considerando os efeitos positivos que a fibra dietética parece ter sobre a saúde digestiva.

Alimentos ricos em fibra, como espinafre, também podem ajudar na perda de peso ou na manutenção do peso. Como a fibra é indigesta, ela passa pelo corpo sem fornecer energia ao seu gato. Isso significa que a fibra pode encher o estômago do seu gato sem acrescentar qualquer valor calórico à comida.

Assim, alimentar o seu gato com alimentos ricos em fibras, você pode mantê-los com a sensação de satisfeitos enquanto reduz sua ingestão calórica. Isso pode tornar a...

... perda de peso muito mais fácil para os gatos que estão em uma dieta com restrição calórica.

Se você decidir usar alimentos ricos em fibras para ajudar seu gato a perder peso, no entanto, lembre-se de que eles ainda têm necessidades nutricionais para atender. Se você se concentrar em dar ao seu gato alimentos ricos em fibras, eles provavelmente sofrerão de deficiências nutricionais potencialmente perigosas.

Sobre gato comer espinafre

Existem, no entanto, fontes muito melhores de fibra para o seu gato. Espinafre contém quantidades elevadas de um produto químico chamado ácido oxálico, que pode contribuir para pedras na bexiga e nos rins que podem causar sérios problemas para o seu gato. Se o seu gato teve pedras nos rins no passado, evite dar espinafre.

Os sintomas das pedras nos rins geralmente incluem dor abdominal, febre, urina com sangue, aumento súbito ou diminuição na produção de urina, baixa energia, perda de apetite, perda súbita de peso e vômitos. Se você acha que seu gato pode ter pedras nos rins, procure cuidados veterinários, eles não devem ser tratados em casa.

Em conclusão, embora o espinafre contenha certos nutrientes que podem beneficiar a saúde do seu gato a longo prazo, existem maneiras muito melhores de obter esses nutrientes na dieta do seu gato. Seu gato não precisa de espinafre. Seu gato é um carnívoro obrigatório, muito da nutrição dentro do espinafre é completamente inútil para eles. A fibra é a melhor coisa no espinafre, e existem outras formas mais seguras de obter fibras na dieta do seu gato. Se você quiser evitar dar alimentos ricos em oxalato como espinafre, optar por vegetais mais seguros, como alface e cenoura.

Gatos podem comer espinafre?