Indicadores comuns de estresse em cães
Autor: Ozzy the Boss

Indicadores comuns de estresse em cães

É importante reconhecer estes fatores de estresse e tomar as medidas necessárias para reduzir a quantidade de esforço que seu cão experimenta.

O estresse pode afetar seu cão, muito parecido como o estresse afeta você. Quando os cães são expostos a vários fatores de estresse, por um longo período de tempo, eles podem começar a apresentar mudanças físicas e comportamentais.

É importante reconhecer estes fatores de estresse e tomar as medidas necessárias para reduzir a quantidade de esforço que seu cão experimenta. Continue lendo e descubra alguns dos indicadores mais comuns de estresse em cães, para que você saiba o que está enfrentando.

Como o estresse afeta seu cão e em que situações?

Se o estresse é agudo ou crônico, ele pode desempenhar uma influência definitiva sobre como seu cão se sente e se comporta. Pode modificar parâmetros basais, como a frequência respiratória, a frequência cardíaca e a pressão arterial. Além disso, foi determinado que os cães fêmeas são mais prováveis responder ao esforço, ao contrário dos cães machos. O transporte de carro e a introdução aos ambientes novos podem fazer com que o cão também fique estressado.

O estresse crônico é comumente visto em cães que foram de canil por períodos prolongados de tempo (como cães de resgate). Cães que foram adotados a partir de abrigos apresentam sintomas fisiológicos como resultado de estresse crônico, incluindo tosse, espirros, vômitos e diarreia, bem como problemas de pele. Este é o resultado da imunossupressão induzida pela exposição prolongada ao estresse.

Indicadores comuns de estresse em cães

Em resposta ao estresse, um cão pode apresentar...

publicidade

...um comportamento normal ou anormal.

Comportamento normal

Quando um cão sofre de estresse agudo, ele pode exibir um comportamento evitativo ou tentar se esconder. Ele pode reagir agressivamente, mas de forma defensiva, bem como evitar o contato com seres humanos ou outros animais (o oposto pode ocorrer, com o cão que realmente está buscando contato).

Um cão estressado vai tentar chamar a atenção para si mesmo, por exemplo, através de patadas. Ele pode ser mais ativo do que o habitual - ritmo, escavação, digitalização de tudo ao seu redor - ou, pelo contrário, dizer perfeitamente ainda. Devido à agitação, ele pode experimentar respiração ofegante e salivação em excesso, mas você tem que ter certeza de que estes não são devido ao calor.

De um ponto de vista físico, você pode observar que seu cão dilatou as pupilas, assim como uma postura abaixada (peso-rolamento nos pés traseiros), cauda entre os pés e as orelhas atrás da parte traseira. Estes são todos os sinais de que seu cão está estressado, então você precisa prestar atenção a eles. A recusa em comer também pode ser um sinal de estresse.

Comportamento anormais

O estresse crônico, como acontece com cães que se restringem a um espaço confinado por períodos prolongados de tempo, o isolamento social é um fator secundário, pode levar a comportamentos anormais em cães. Além de andar, elevação da pata ou bocejar, o cão pode experimentar agitação, higiene excessiva ou até mesmo comer fezes.

O...

publicidade

...cão pode apresentar comportamentos estereotipados, como comer mais do que o habitual ou beber quantidades aumentadas de água, perseguir sua cauda ou latir alto. Circulando, sucção do flanco e lambedura excessiva também foram descritos. Além disso, o cão pode apresentar um olhar em branco ou perseguir insetos imaginários (parece estar perseguindo moscas).

Situações específicas em que os cães estão estressados

Ao visitar o veterinário, a maioria dos cães estão estressados. Eles vão andar em torno da sala de espera e, depois que eles vão descer da mesa de exame, eles vão tentar agitar seu corpo.

Um cão que é estressado, talvez para ser deixado por demasiado tempo em um espaço confinado, começará a lamentar-se ou latir. Este comportamento não aparece apenas porque seu cão está receoso ou tenso, pode igualmente tentar se acalmar ou querer sua atenção.

Você verá frequentemente um cão estressado que boceja, porque acontece quando os cães são introduzidos aos ambientes novos. Este comportamento também é encontrado em cães que estão entediados, por isso é o seu trabalho para fazer a diferença. Preste atenção nas pupilas, ouvidos e postura geral.

Você sabia que os cães podem derramar mais pelos quando estão ansiosos ou estressados? Este tipo de mudança tem sido notado em cães que visitam um novo parque, bem como aqueles que têm de veterinário em uma base regular. Eles também podem apresentar alterações nas funções corporais, urinar com mais freqüência do que o normal.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo "Indicadores comuns de estresse em cães" e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de um Médico Veterinário.

publicidade
Pesquisa mais sobre a Saúde e Comportamento dos Pets e Animais de Estimação.

Descubra mais sobre o mundo dos pets

Milhares de artigos sobre saúde e cuidados do seu pet de estimação.