O corpo do seu amigo canino é muito complexo. De fato, possui fortes semelhanças com o corpo humano, tanto em nível anatômico quanto fisiológico. Isso significa que é suscetível a contrair várias doenças.

Inflamação ou o processo inflamatório não é uma condição séria, e também não é considerada uma doença por si só. No entanto, pode derivar de várias patologias. Portanto, é essencial procurar a supervisão veterinária.

Se o seu cão sofre um processo inflamatório 

Se o seu cão sofre de um processo inflamatório, você poderá ver os seguintes sintomas:

  • Dor: o cão mostra que está com dor devido a inquietação, choramingar ou mudanças no apetite e no comportamento.
  • Calor: a área inflamada tem uma temperatura corporal mais alta que é perceptível ao toque.
  • Tumor: refere-se ao inchaço que ocorre nos tecidos inflamados e também é facilmente detectável pelo exame físico.
  • Vermelhidão: a área inflamada fica mais avermelhada e é especialmente visível quando a inflamação é acompanhada por condições de pele.

Como mencionamos no início, a inflamação não é uma doença e geralmente não é uma condição séria. No entanto, é crucial obter atenção veterinária. Esta inflamação pode ser causada por uma condição que requer tratamento médico imediato. Uma condição como os estágios iniciais da osteoartrite canina.

Você não deve dar anti-inflamatórios ao seu cão, especialmente se eles são projetados para uso humano. No entanto, uma vez que a causa subjacente da inflamação tenha sido detectada, você pode tratar com...

... antiinflamatórios naturais. Estes agem eficazmente, mas não causam os efeitos colaterais típicos de algumas drogas químicas com ação antiinflamatória.

Antiinflamatórios naturais para cães

Vamos agora listar os antiinflamatórios naturais para cães que, além de seguros, também podem ser facilmente administrados ao seu animal de estimação:

  • Arnica Montana: este é um dos melhores antiinflamatórios. Isso pode ser aplicado através de um creme que contém o extrato de planta de arnica, que é adequado para uso em animais de estimação. No entanto, recomendamos a administração oral do medicamento homeopático. Arnica Montana 9 CH: Dissolva 3 grânulos em 5 mililitros de água, duas vezes ao dia. Você deve sempre administrar o remédio homeopático separado para suas refeições.
  • Cúrcuma: açafrão é um tempero culinário com uma infinidade de propriedades medicinais, incluindo a sua incrível capacidade anti-inflamatória. A dosagem de cúrcuma para cães varia entre 15 e 20 miligramas por quilo de peso corporal, e pode ser adicionada à comida do animal. Recomendamos a compra de açafrão orgânico, uma vez que garante uma maior proporção do ingrediente ativo curcumina. Isso é responsável pela atividade anti-inflamatória.
  • Ômega 3: esta é a forma mais natural de antiinflamatório que você pode dar ao seu cão. No entanto, você também pode dar seu animal de estimação suplementos nutricionais sob a forma de óleo de peixe. Este tipo de peixe contém grandes quantidades de ácidos gordos essenciais ômega 3, que têm um poderoso efeito anti-inflamatório.
  • Garra do...

    ... diabo: garra do diabo é uma erva anti-inflamatória que pode ser aplicada a condições durante longos períodos de tempo; sem causar danos colaterais ao seu cão.

  • Calor local: é o anti-inflamatório natural mais simples para cães, mas é também um dos mais eficazes. Basta aplicar uma almofada de calor ou uma garrafa de água quente na área afetada. O calor causa vasodilatação, o que reduz a inflamação e a dor.
  • Valeriana: valeriana para cães é um remédio excepcional. Pode ser usado como antiinflamatório quando a inflamação é causada por um distúrbio muscular. Esta planta é útil para reduzir contrações musculares e tensão muscular acumulada.

Por um tratamento natural responsável

Os remédios naturais que mostramos para o tratamento da inflamação em cães são totalmente seguros e não são tóxicos. No entanto, para aplicá-los com responsabilidade, recomendamos que você leve em consideração:

  • Use estes antiinflamatórios sob supervisão veterinária. Mesmo que eles sejam inofensivos, eles podem reagir com certas drogas. Além disso, é necessário obter um ajuste de dose individualizado.
  • Para completar o tratamento da inflamação, o seu cão deve poder descansar. Você deve se certificar de que não realiza muito movimento na área inflamada.
  • Se a inflamação não diminuir dentro de alguns dias, volte ao veterinário.

Este artigo é puramente informativo. Não temos autoridade para prescrever qualquer tratamento veterinário ou criar um diagnóstico. Nós convidamos você a levar seu animal ao veterinário se ele estiver sofrendo de alguma condição ou dor.

Melhores Anti-Inflamatórios Naturais para Cães