Alguns gatos são eremitas naturais. Eles de alguma forma conseguem encontrar espaços na casa que você nunca viu antes, se escondendo por cochilos ou apenas algum tempo pessoal. É comum passar o dia todo chamando seu nome apenas para descobrir que descobriram um local aconchegante perto do armário.

No entanto, alguns gatos normalmente não se comportam dessa maneira e você pode se perguntar se o desejo deles de ir para o escuro tem algum ímpeto menos saudável. A preocupação é que, se os gatos estão começando a se esconder de repente em lugares escuros, talvez seja devido ao estresse ou a alguma patologia subjacente.

Vamos analisar por que os gatos se escondem em lugares escuros para que possamos descartar quaisquer possíveis problemas e ver qual tratamento é necessário, se for necessário. Esperamos que seja nada mais do que uma necessidade de um pouco de paz e tranquilidade.

Por que gatos se escondem em lugares escuros?

O hábito de se esconder é uma característica comum do comportamento felino. Um gato saudável pode correr e se esconder quando quer brincar com seu dono ou até mesmo levar um brinquedo para brincar em particular. Às vezes, eles podem simplesmente querer encontrar um lugar calmo e fresco para se esconder dos raios do sol em um dia quente. Esconder em lugar escuro também está ligado aos seus instintos de caça inatos.

Se um gato espiar um inseto ou pássaro e quiser persegui-lo, eles frequentemente encontrarão um lugar com pouca luz para que possam ter o elemento surpresa. Isto é em parte porque os olhos aguçados de um gato são frequentemente melhores no escuro do que na luz brilhante.

No entanto, enquanto alguns aspectos do gato se esconder em lugares escuros são normais para gatos. Prestar muita atenção às mudanças comportamentais.

Se um gato normalmente não se escondeu antes, ou se raramente o fez, e depois começa a passar mais tempo sob abrigo, isso pode indicar algum tipo de desequilíbrio físico ou mental. Também é importante que você observe outros sinais e sintomas, como a linguagem corporal, para registrar quaisquer indicações de que existe um problema de saúde com seu gatinho.

Aqui estão as principais causas negativas do porquê seu gato pode estar escondido de repente no escuro 

  • Ambiente negativo / não estimulante: um gato muitas vezes se esconde devido ao simples tédio. Isso geralmente ocorre quando o gato não tem estimulação suficiente em seu ambiente para mantê-lo suficientemente entretido. Preocupação em particular é com gatinhos que são deixados sozinhos por muito tempo e não têm um enriquecimento ambiental suficiente para mantê-los fisicamente e mentalmente estimulados.
  • Estresse: como os humanos, os gatos que são expostos a altos níveis de estresse podem sentir a necessidade de se esconder em um ambiente silencioso, bem como exibir outras mudanças comportamentais. É crucial que você esteja ciente dos possíveis sintomas de estresse em seu gato e consulte rapidamente seu veterinário depois que eles forem identificados.
  • Má socialização: também semelhante aos humanos, os gatos precisam se relacionar com outros seres para seu próprio bem-estar. Isto é especialmente se gatinho não é socializado corretamente, levando-os a ter alguns distúrbios comportamentais mais tarde na vida. Você pode até deixar o seu gato confortável o suficiente quando você está por perto, mas o gato vai se esconder em lugares escuros quando você tem visitas ou convidados surpresa. Isto é provavelmente devido a uma falta de socialização, fazendo-os pensar que este visitante é uma ameaça para o seu território.
  • Período crítico de socialização: a socialização deficiente é geralmente devido ao treinamento inadequado quando eles são um gatinho, mas às vezes isso não pode ser ajudado. Você nunca deve tirar um gatinho da mãe e dos irmãos antes da hora...

    ... certa. Isso ocorre porque entre as primeiras 4 e 12 semanas de vida de um gato é um período crítico para a socialização, onde eles precisam entender como interagir adequadamente com os outros. No entanto, isso pode acontecer por vários motivos, como descobrindo uma ninhada abandonada.

  • Adaptando-se a uma nova casa: para você, mudar para uma nova casa pode ser estressante devido às posses de embalagem e ao pagamento de depósitos. Para os gatos, eles estão se movendo de um território que dominaram e no qual se tornaram confortáveis ​​para um lugar totalmente novo que é estranho. Se o gato se esconde em espaços escuros depois de se mudar para uma nova casa, então você precisa exercitar a paciência. Não forçar o gato a sair. Em vez disso, recompense o comportamento exploratório e tente garantir que eles estejam confortáveis ​​em seu novo ambiente da melhor forma possível.
  • Medo: pode não ser o medo do desconhecido, como se mudar para um novo lar. Gatos exibem medo, pois permite que eles sejam mais alertas e escapem de possíveis ameaças como se estivessem em estado selvagem. Se eles ouvirem barulhos altos ou verem objetos que pareçam ameaçá-los, eles podem se esconder por medo. Ruídos domésticos comuns que podem assustar os gatos incluem aspiradores de pó, liquidificadores e secadores de cabelo. Seus sentidos felinos são intensificados e qualquer estímulo que eles considerem ameaçador pode fazer com que corram para a segurança de um lugar escuro.
  • Trauma: muitos donos de gatos estão tomando a sábia decisão de adotar um gato de um abrigo, pois um excesso de gatos significa que não há casas suficientes para mantê-los todos alojados. Alguns destes gatos são infelizes o suficiente para passar por algum tipo de trauma, sejam levados longe de sua família cedo demais ou até mesmo sendo abusados ​​fisicamente. Isso é comum em gatinhos, mas os gatos adultos podem passar por um trauma antes de entrar em um novo lar. Mesmo gatos de outras famílias bem criados podem ter uma experiência traumática, como ser atropelado por um carro ou atacado por um cachorro, muitas vezes sem nos darmos conta disso. Se este for o caso, então esconder em lugar escuro é comum. Obter conselhos de um etólogo felino pode ser a melhor maneira de ajudar seu gato a lidar com o trauma.
  • Casas superlotadas: adotar um gato de companhia pode ser uma ótima maneira de ajudar seu gato a obter o tipo certo de estimulação e socialização que ele exige. No entanto, se um gato não é introduzido corretamente ou um gato nunca foi devidamente socializado, trazer um novo gato para a casa pode ser motivo de preocupação com o seu gato. Como os gatos são muito territoriais, estes dois novos colegas de casa podem discutir sobre quem é dominante. Seu gato pode se esconder com medo de um novo gato introduzido na casa ou eles podem simplesmente estar preocupados sobre como lidar com isso.
  • Morte: quando os gatos estão perto da morte, eles se sentem vulneráveis. É por isso que muitos tentam encontrar um ambiente seguro para passar seus últimos momentos. Se o seu gato é muito velho ou você sabe que ele já está doente, então ele pode estar encontrando um lugar escuro para se esconder para que ele possa passar em paz.

A importância de descartar causas patológicas

Algumas patologias causam dor aguda, afetam os sentidos ou causam um desequilíbrio no metabolismo de um gato. Eles também podem levar a mudanças comportamentais e promover o desenvolvimento de fobias e traumas. Se o seu gato começa a se esconder em lugares escuros, de repente, é importante descartar a possibilidade de algo medicamente preocupante. Levar o gato...

... a um veterinário ou especialista em animais significa que os testes e diagnósticos adequados podem ser realizados para determinar essa causa e sugerir um tratamento adequado.

Também é importante notar que alguns gatos se escondem em lugares incomuns se detectarem a presença de pulgas, ácaros ou outros patógenos. Estes pequenos parasitas muitas vezes podem ficar em tapetes, lençóis e por trás de outros materiais, como capachos. Eles podem não ser evidentes para você como você está tão longe deles, mas o senso aguçado de detecção do seu gato pode torná-los mais conscientes. É por isso que é muito importante respeitar o calendário de vacinação do seu gato e garantir que ele receba o tratamento correto para não ter parasitas. Isso não só aumentará a higiene de sua casa, mas também deixará seu gato mais feliz e menos propenso a se esconder em lugares escuros.

O que posso fazer para ajudar meu gato?

Se você não tem certeza da causa do excesso de confiança do seu gato em se esconder, é importante procurar o conselho de um veterinário. Se o seu gato está se escondendo por razões naturais ou simplesmente porque eles encontraram um novo esporte favorito para relaxar, então nenhum tratamento pode ser necessário. Além disso, se o seu gato estiver calmo e contente em um esconderijo, é importante não movê-lo, a menos que seja necessário. É importante respeitar a personalidade idiossincrática do nosso gato, bem como fornecer suas liberdades essenciais para o bem-estar.

Se você precisa que seu gato saia do esconderijo, é muito importante não gritar, assustá-lo ou agarrá-lo. Isso expõe o gato a altos riscos de estresse desnecessário e pode encorajar comportamentos auto-defensivos que podem dificultar a vida deles. Agir com serenidade e tentar persuadi-los com brinquedos ou guloseimas é uma abordagem muito mais saudável.

No advento de uma patologia ou doença diagnosticada, o veterinário irá aconselhá-lo sobre o curso mais adequado de tratamento para o seu gato. Seja um distúrbio psicológico ou emocional, é importante consultar um especialista, seja ele um psicólogo felino ou um etólogo de gatos. Esses profissionais poderão basear esse tratamento em diretrizes especiais que devem beneficiar sua autoconfiança e trazer equilíbrio à sua vida. Se o seu esconderijo em lugares escuros vier de um lugar insalubre, isso pode ajudar a mudar esse comportamento.

Estas diretrizes simples a seguir também ajudarão a evitar que seu gato desenvolva certos problemas comportamentais como se esconder em lugares escuros:

  • Providencie uma medicina preventiva adequada: a primeira coisa que você precisa fazer quando um novo gato entra na família é garantir que ele tenha uma medicina preventiva adequada. Se o seu gato for adotado em um abrigo de animais, eles devem ter cuidado do tratamento inicial antes de voltar para casa com você. Você também precisará seguir o cronograma de vacinação e desparasitação. Leve seu gato ao veterinário por volta de 6 meses ou mais para um check-up, mesmo que pareça saudável.
  • Ambiente positivo e enriquecido: é importante conhecer o valor de enriquecimento ambiental para gatos. Mantê-los fisicamente e mentalmente estimulados, mesmo quando você não estiver em casa, ajudará a evitar os sintomas de estresse e tédio que podem ser prejudiciais ao seu bem-estar. Também verifique se eles têm a caixa de areia certa, acesso ao espaço para exercícios e ter alguns brinquedos e postes para arranhar para ajudar a manter-se ocupado.
  • Socialização: alguns gatos domésticos não poderão sair e, portanto, não terão o mesmo tipo de socialização que alguns. No entanto, todos os gatos precisam de companhia de alguma forma ou de outra. Seja adotando um gatinho ou mantendo um gato adulto estimulado, é importante garantir que ele tenha interação suficiente para se sentir amado e feliz.
Por que os gatos se escondem em lugares escuros?